Saturday, November 30, 2013

2630 - AMICOR 16

Desigualdades em Saúde

Aloyzio AchuttiemAMICOR - Há 10 minutos
*"Mensuração e monitoramento das desigualdades em saúde intraurbanas: o caso da Restinga".* Local: sala 401 (Prédio do Instituto de Psicologia/UFRGS - Ramiro Barcelos, 2600 - 4º andar). Foi oficina de trabalho, em que os participantes discutiram indicadores de saúde e outros para o acompanhar processos de desenvolvimento sustentável e a possibilidade de fazê-lo na Restinga. A implantação de um hospital naquele bairro em 2014 é o desencadeador desse projeto. Queremos avaliar se estimular que essa implantação (e eventualmente a de outros equipamentos) resulte em efeitos socia... mais »

VARIG

Aloyzio AchuttiemAMICOR - Há 11 horas
*Sudade da VARIG* 30 de novembro de 2013 | N° 17630 BRINDE AOS PIONEIROS *Luiz Gonzaga Achutti (primeiro à Direita) é meu primo e filho de meu padrinho Elias Achutti* Ex-pilotos evitam falar em crise do fundo Aerus Eles não perderam o garbo de quem conduziu reluzentes aeronaves, transportou celebridades e vivenciou o apogeu da Varig. Com idades entre 7 e 87 anos, sete remanescentes da primeira turma de pilotos da companhia aérea se reuniram ontem, em Porto Alegre, para celebrar o 60º aniversário de formatura. No momento de fazer a foto para registrar a comemoração, os veteranos se ... mais »

Molecular switch that controls neuron communication

Aloyzio AchuttiemAMICOR - Há 11 horas
Molecular switch that controls neuron communication discoveredNovember 29, 2013 Molecular switch: an image of a hippocampal neuron stained for endogenous RIM1 and SUMO. RIM1 is in red and SUMO in green. (Credit: University of Bristol) University of Bristol researchers are a step closer to understanding how some of the brain’s 100 billion nerve cells coordinate communications. Defects in this communication are associated with disorders such as epilepsy, autism and schizophrenia, and therefore these findings could lead to the development of novel neurological therapies. *Background* Neu... mais »

Cell´s longevity

Aloyzio AchuttiemAMICOR - Há um dia
Mechanism behind blood stem cells’ longevity discoveredNovember 29, 2013 *[+]* A blood stem cell dividing. Myosin IIB is labeled green and is concentrated on the side that will remain a stem cell (credit: University of Pennsylvania) A study from the University of Pennsylvania has uncovered one of the mechanisms that allow blood stem cells to keep dividing in perpetuity. *Background* The blood stem cells that live in bone marrow are at the top of a complex family tree. Such stem cells split and divide down various pathways that ultimately produce red cells, white cells, and platelets. T... mais »

Síntese dos Indicadores Sociais 2013

Aloyzio AchuttiemAMICOR - Há um dia
*Síntese de Indicadores Sociais (SIS) 2013*SIS 2013: 74,1% das mulheres de 25 a 29 anos que não estudam nem trabalham têm ao menos um filho *A Síntese de Indicadores Sociais (SIS) 2013 mostra que, em 2012, cerca de 20% dos jovens de 15 a 29 anos de idade não frequentavam escola nem trabalhavam. A proporção de mulheres nesse grupo foi grande: 70,3%. Entre elas, destaca-se a proporção daquelas que tinham pelo menos um filho: 30,0% entre aquelas com 15 a 17 anos, 51,6% na faixa de 18 a 24 anos de idade e 74,1% daquelas de 25 a 29 anos de idade.* *Entre as pessoas de 15 a 17 anos de idad... mais »

Fumo e desigualdade social

Aloyzio AchuttiemAMICOR - Há 3 dias
Pesquisa revela que tabagismo afeta mais população de baixa renda e com pouca escolaridade

Gabrb1

Aloyzio AchuttiemAMICOR - Há 4 dias
Mutations in the *Gabrb1* gene promote alcohol consumption through increased tonic inhibition - Quentin M. Anstee, - Susanne Knapp, - Edward P. Maguire, - Alastair M. Hosie, - Philip Thomas, - Martin Mortensen, - Rohan Bhome, - Alonso Martinez, - Sophie E. Walker, - Claire I. Dixon, - Kush Ruparelia, - Sara Montagnese, - Yu-Ting Kuo, - Amy Herlihy, - Jimmy D. Bell, - Iain Robinson, - Irene Guerrini, - Andrew McQuillin, - Elizabeth M.C. Fisher, - Mark A. Ungless - *et al.* - 26/11/2013 19h11 - Atuali... mais »

Sistema límbico

Aloyzio AchuttiemAMICOR - Há 5 dias
*Circuito de Recompensa*

Canada: INCOME INEQUALITY

Aloyzio AchuttiemAMICOR - Há 5 dias
THE WEALTHPARA HOW INCOME INEQUALITY HURTS EVERY CANADIAN'S CHANCE OF BUILDING A BETTER LIFE GLOBE STAFF The Globe and Mail Published Friday, Nov. 08 2013, 1:24 PM EST Last updated Saturday, Nov. 16 2013, 11:05 AM EST Canada is at a crossroads. A gap has grown between the middle class and the wealthy. Now, that divide is threatening to erode a cherished Canadian value: equality of opportunity for all. This article is part of The Globe'sWealth Paradox series, a two-week examination into how the wealth divide is shaping Canada's cities, schools, social programs – and even its national ... mais »

Era uma vez um circo e um jovem fotógrafo, Achutti, 1978.

Aloyzio AchuttiemAMICOR EXTENSION - Há 6 dias
Luiz Achutti Compartilhada publicamente https://www.youtube.com/watch?v=mWFU2DieA98&feature=autoshare11:36 Era uma vez um circo e um jovem fotógrafo, Achutti, 1978. 1

Hans Christian Andersen

Aloyzio AchuttiemAMICOR - Há 6 dias
How Hans Christian Andersen Revolutionized Storytelling, Plus the Best Illustrations from 150 Years of His Beloved Fairy Tales*by Maria Popova* *“Andersen had the ability to articulate desires petty and profound and make them into transcendent tales.”* *“When people talk listen completely,”*Hemingway counseled in his advice on how to be a writer. More than a century earlier, a little boy in Denmark, born into poverty to a shoemaker father and an illiterate washerwoman mother, was spending his days listening to the old women in the local insane asylum as they spun their yarn and spun t... mais »

Desigualdades em Saúde

"Mensuração e monitoramento das desigualdades em saúde intraurbanas: o caso da Restinga".










Local: sala 401 (Prédio do Instituto de Psicologia/UFRGS - Ramiro Barcelos, 2600 - 4º andar).
Foi oficina de trabalho, em que os participantes discutiram indicadores de saúde e outros para o acompanhar processos de desenvolvimento sustentável e a possibilidade de fazê-lo na Restinga. 
A implantação de um hospital naquele bairro em 2014 é o desencadeador desse projeto. Queremos avaliar se estimular que essa implantação (e eventualmente a de outros equipamentos) resulte em efeitos sociais e econômicos para a referida comunidade.

Programação:
28/11/2013, quinta-feira
15h
Abertura e boas-vindas – Representantes UFRGS/OMS/HMV.
Prof. Dr. José Geraldo Ramos Lopes – Diretor da Faculdade de Medicina/UFRGS Eng. Paulo Teixeira – Assessor Regional em Saúde Urbana/OPAS-OMS Dr. Oscar Mujica – Assessor Regional em Epidemiologia Social/OPAS-OMS Prof. Dr. Luiz Antonio Nasi - Superintendente Médico do Hospital Moinhos de Vento.
Prof. Dr. Roger dos Santos Rosa – Coordenador do Programa de Extensão e Pesquisa em Saúde Urbana/UFRGS.
15h20min-16h30min
Mesa-redonda e debates: “Governança em saúde: desafios locais e globais”.
Coordenador: Prof. Dr. Aloyzio Achutti – Programa de Extensão e Pesquisa em Saúde Urbana/UFRGS.
Painelistas:
Eng. Paulo Teixeira – Assessor Regional em Saúde Urbana/OPAS-OMS Prof. Dr. Luiz Antonio Nasi - Superintendente Médico do Hospital Moinhos de Vento.
16h30min-16h50min – Intervalo (coffee-break)
16h50min-18h
Palestra e debates: “A experiência do Observatório da Cidade de Porto Alegre (ObservaPOA) com dados intraurbanos”.
Apresentadora: Bel. Adriana Furtado - Gerente do ObservaPOA/Secretaria de Governança Local de Porto Alegre.
Debatedora: Bel. Rosetta Mammarella - Observatório das Metrópoles (INCT)/UFRGS
18h - Encerramento do dia
29/11/2013, sexta-feira
9h-10h20min
Mesa-redonda e debates: “Métricas urbanas e desigualdades sociais: desafios locais e globais”.
Apresentador: Dr. Oscar Mujica – Assessor Regional em Epidemiologia Social/OPAS-OMS
Debatedora: Profa. Dra. Maria Inês Azambuja - Programa de Extensão e Pesquisa em Saúde Urbana/UFRGS.
10h20min-10h40min - Intervalo (coffee-break)
10h40min-13h
Colóquio “Sobre a Restinga”.
Participantes:
Representantes do bairro Restinga (Heverson Luis Vilar da Cunha, Almerinda e da "Gringa"), do Hospital Moinhos de Vento (Gisele Alsina Nader) e do Observatório das Metrópoles/UFRGS.
Coordenação: Prof. Dr. Roger dos Santos Rosa - Programa de Extensão e Pesquisa em Saúde Urbana/UFRGS.

VARIG

Sudade da VARIG
30 de novembro de 2013 | N° 17630

BRINDE AOS PIONEIROS

Luiz Gonzaga Achutti (primeiro à Direita) é meu primo e filho de meu padrinho Elias Achutti


Ex-pilotos evitam falar em crise do fundo Aerus

Eles não perderam o garbo de quem conduziu reluzentes aeronaves, transportou celebridades e vivenciou o apogeu da Varig. Com idades entre 79 e 87 anos, sete remanescentes da primeira turma de pilotos da companhia aérea se reuniram ontem, em Porto Alegre, para celebrar o 60º aniversário de formatura.

No momento de fazer a foto para registrar a comemoração, os veteranos se empertigaram no Salão Amarelo do Hotel Plaza São Rafael. Lá estavam Mario Ungaretti, o Capitunga, 83 anos, Alfredo Jarbas Flemming, 80, Luiz Achutti, 83, Egas Ferreira, 87, Ricardo Costa da Silveira Lobo, 85, Ion Trindade Martins, 82, e Fredy Wiedemeyer, 79, o organizador da festa.

O encontro ocorreu em um momento penoso. O plano de previdência privada Aerus, criado em 1982, deve fazer o último pagamento na próxima terça-feira, porque o dinheiro acabou. A situação é ainda mais complexa porque nenhum dos funcionários demitidos com a falência da Varig recebeu indenização trabalhista. Wiedemeyer observou que a celebração só foi realizada em um hotel porque foi feito um preço camarada.

– É tão lamentável, tão triste, mas não queremos falar sobre isso – disse ele sobre o fim dos recursos do Aerus.

Cercados por familiares, netos e viúvas de ex-pilotos, os veteranos mataram a saudade. Aproveitaram para mostrar fotografias antigas. A conversa fluiu alegre, embalada por uma suave nostalgia.
29 de novembro de 2013 | N° 17629AlertaVoltar para a edição de hoje

AERUS NO LIMITE

Pouso forçado

Ex-comandantes da Varig se reúnem hoje em Porto Alegre para lembrar os 60 anos da primeira turma de pilotos da companhia aérea, às vésperas do fim dos recursos para pagar aposentados do plano de previdência privada do setor aéreo

O pouco que os aposentados da Varig ainda recebem do plano de previdência privada Aerus poderá acabar na próxima terça-feira, dia 3 de dezembro. Terminou o dinheiro depositado a partir de 1982 pelos funcionários – a Varig e outras empresas participantes não contribuíram como deveriam. Mesmo abatidos com o fim da linha do Aerus, veteranos da companhia aérea pioneira no Brasil vão se reencontrar hoje, em Porto Alegre, para lembrar os 60 anos da formatura da primeira turma de pilotos da Varig.

Ex-comandantes, Fredy Wiedemeyer, Alfredo Flemming, Luiz Achutti, Ricardo Lobo, Jair Schütz e Mario Ungaretti são os remanescentes da turma inicial da Escola Varig de Aeronáutica (Evaer). A comemoração será singela, muito diferente dos tempos de glamour do início da aviação comercial: às 10h, haverá uma missa na Igreja São José, no Centro da Capital, seguida de um almoço. A simplicidade da cerimônia traduz a penúria de todos os 17 mil participantes – mil no Rio Grande do Sul – do Aerus. A partir da próxima semana, podem ficar desamparados. Integrante da comissão gaúcha de aposentados, Carlos Henke, 68 anos, conta que o fundo previdenciário está à míngua há anos. Aposentados e pensionistas de escalões médios da Varig recebem R$ 40 por mês. Comandantes e pilotos, que estariam no topo, ganham em torno de R$ 800. Quem já ocupou o posto mais alto da aviação civil agora depende da solidariedade de familiares e amigos.

– O valor pago atualmente é de apenas 8% do esperado – ressalta Henke, que se aposentou como gerente da Fundação Ruben Berta, nome que homenageia o celebrado ex-presidente da Varig.

Ressarcimento poderia salvar fundo

Henke diz que a situação é dramática. Com a falência da empresa, não houve indenização trabalhista aos funcionários. Recebendo migalhas do Aerus, famílias tiveram de raspar a poupança e vender os bens. As mais aflitas são as pensionistas – há viúvas que dependem dos filhos para comprar remédios.

No ocaso da Varig, a Secretaria da Previdência Complementar (SPC), do Ministério da Previdência Social, autorizou a companhia aérea a rolar, por 21 vezes, suas contribuições ao fundo. O dinheiro teria sido usado para manutenção e compra de querosene. Ao falir, não honrou o compromisso com a SPC.

Foi com base nessas renegociações de dívida que sindicatos de aeronautas e aeroviários ingressaram com Ação Civil Pública na Justiça, com o intuito de responsabilizar a União pela situação. A decisão inicial foi favorável aos integrantes do Aerus.

Uma tentativa de reaver parte dos recursos repousa nas gavetas do Supremo Tribunal Federal (STF). A Varig entende que o governo federal deve em torno de R$ 7 bilhões pelos prejuízos causados com o congelamento das tarifas, entre 1985 e 1992. Em maio deste ano, quando se imaginava que o STF julgaria, o ministro Joaquim Barbosa pediu vistas do processo, o que resultou em novo adiamento.

Outro pouso forçado no caminho: 3% sobre a venda dos bilhetes também deveria abastecer o Aerus, durante 30 anos, mas no nono ano uma decisão do Departamento de Aviação Civil (DAC), antecessor da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), cancelou essa fonte de receita. A decisão rendeu uma ação na Justiça, há seis anos à espera de julgamento.

– A gente fica numa angústia, na busca de uma solução – diz Henke.

Interlocutora nas negociações com o governo, a ex-presidente do Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) Graziella Baggio lembra que quase houve acordo, em 2009. Agora, o assunto é tratado com discrição, para prevenir novas frustrações.

cristian.weiss@diario.com.br

CRISTIAN WEISS E NILSON MARIANO

Friday, November 29, 2013

Molecular switch that controls neuron communication discovered

November 29, 2013
Molecular switch: an image of a hippocampal neuron stained for endogenous RIM1 and SUMO. RIM1 is in red and SUMO in green. (Credit: University of Bristol)
University of Bristol researchers are a step closer to understanding how some of the brain’s 100 billion nerve cells coordinate communications.
Defects in this communication are associated with disorders such as epilepsy, autism and schizophrenia, and therefore these findings could lead to the development of novel neurological therapies.
Background
Neurons in the brain communicate with each other using chemicals called neurotransmitters. This release of neurotransmitter from neurons is tightly controlled by many different proteins inside the neuron. These proteins interact with each other to ensure that neurotransmitter is only released when necessary.
Although the mechanisms that control this release have been extensively studied, the processes that coordinate how and when the component proteins interact is not fully understood./.../neuroloy

Cell´s longevity

Mechanism behind blood stem cells’ longevity discovered

November 29, 2013
[+]
A blood stem cell dividing. Myosin IIB is labeled green and is concentrated on the side that will remain a stem cell (credit: University of Pennsylvania)
A study from the University of Pennsylvania has uncovered one of the mechanisms that allow blood stem cells to keep dividing in perpetuity.
Background
The blood stem cells that live in bone marrow are at the top of a complex family tree. Such stem cells split and divide down various pathways that ultimately produce red cells, white cells, and platelets.
These “daughter” cells must be produced at the astounding rate of about one million per second to constantly replenish the body’s blood supply./.../

Síntese dos Indicadores Sociais 2013

Tuesday, November 26, 2013

Fumo e desigualdade social

Gabrb1


Mutations in the Gabrb1 gene promote alcohol consumption through increased tonic inhibition

 
Article number:
 
2816
 
doi:10.1038/ncomms3816
Received
 
Accepted
 
Published
 


Alcohol dependence is a common, complex and debilitating disorder with genetic and environmental influences. Here we show that alcohol consumption increases following mutations to the γ-aminobutyric acidA receptor (GABAAR) β1 subunit gene (Gabrb1). Using N-ethyl-N-nitrosourea mutagenesis on an alcohol-averse background (F1 BALB/cAnN x C3H/HeH), we develop a mouse model exhibiting strong heritable preference for ethanol resulting from a dominant mutation (L285R) in Gabrb1. The mutation causes spontaneous GABA ion channel opening and increases GABAsensitivity of recombinant GABAARs, coupled to increased tonic currents in the nucleus accumbens, a region long-associated with alcohol reward. Mutant mice work harder to obtain ethanol, and are more sensitive to alcohol intoxication. Another spontaneous mutation (P228H) in Gabrb1 also causes high ethanol consumption accompanied by spontaneous GABA ion channel opening and increased accumbal tonic current. Our results provide a new and important link between GABAAR function and increased alcohol consumption that could underlie some forms of alcohol abuse.

At a glance

Figures

left
  1. Alcohol consumption and behavioural phenotype of Gabrb1+/L285.
    Figure 1
  2. β1 mutations influence tonic and phasic inhibition of MSNs.
    Figure 2
  3. Effects of β1L285R and β1P228H on recombinant GABAARs.
    Figure 3
  4. Effects of β1L285R and β1P228H on δ-containing recombinant GABAARs.
    Figure